cm20161224_coesao-social

Alertar as pessoas para a importância da luta contra a fome e pobreza foi o objetivo das iniciativas ‘Solidariedade Mais’, enquadradas no propósito da Comissão Social e Junta de Freguesia de S. Victor, no âmbito do espírito de Natal, com intuito de reforçar a coesão social.

As iniciativas envolveram várias escolas da freguesia e instituições culturais, sociais e até desportivas num esforço de “conceder um sorriso à população mais necessitada, sobretudo num momento tão especial como é o Natal, em que nenhuma família devia passar privações”.

A Junta de Freguesia de S. Victor alerta para a crescente dificuldade que tem sentido no terreno, com mais de 6000 desempregados inscritos no GIP, com um apoio direto a quase uma centena de famílias, as quais foram beneficiárias de Kits SOS (Cabazes com bens alimentares), de enxovais para bebés e roupas para várias idades. Cedemos, ainda, de foram totalmente gratuita, 2 pares de canadianas e 4 cadeirinhas de rodas, a cidadãos com dificuldades financeiras e que careciam deste apoio do Banco Ortopédico.

Por isso, a parte final do ano de 2016 mereceu atenção especial ao investimento em ações solidárias, que apesar de praticadas todo o ano, nesta altura ganham outra escala e proporção. Fica registado o importante contributo da comunidade nas ações, sobretudo dos mais jovens que se associaram a esta causa.

Alunos e respetivas famílias, funcionários e professores das Escolas da Freguesia de S. Victor promoveram campanhas de recolha de bens alimentares e de roupa, dando destaque ao generoso contributo da EB1 de Santa Tecla e do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian que organizou o projeto “Música que Alimenta”. A Associação de Pais da EB1 de S. Victor transformou um pequeno gesto em grandes sonhos a partir da recolha de brinquedos, iniciativa igualmente replicada pela Unidade Local da Autoridade para as Condições de Trabalho e pela Loja JOM do Braga Retail Center.

Também, de forma exemplar, o Grupo Coral de Guadalupe, com a Missão Põe Azeite, reuniu mais de 300 litros de azeite, tal como o Hóquei Clube de Braga reuniu quase uma centena de garrafas de óleo alimentar.

O Grupo Coral de Guadalupe reuniu, ainda, vários produtos de puericultura, desde artigos de higiene, passando por fraldas e roupas de bebés, que foram reunidos e entregues à Comissão Social da Freguesia de S. Victor, para integrarem, de forma reforçada, os enxovais “Um sorriso…um bebé”, como apoio à natalidade.

Durante o passado fim-de-semana, procedeu-se à Campanha de Produtos de Recolha de Alimentos, numa parceria com o Braga Parque e com o Pingo Doce, tendo como resultado final uma coleta generalizada de 9 boxes de géneros alimentares, que permitirá constituir cerca de 200 cabazes que serão entregues a famílias em situação de carência. Esta Campanha contou com o apoio e empenho da Pastoral de Jovens de S. Victor, do Agrupamento CNE003/S. Victor, Agrupamento CNE660/Montariol, Grupo 75 AEP/S. Victor, 7ª Companhia das Guias de Portugal, Associação Capoeira Portugal Norte e dezenas de voluntários que estiveram presentes na campanha, provando a solidariedade e empenho de todas as estruturas da Freguesia.

A Junta de Freguesia de S. Victor encetará um apoio direto, pela primeira vez, às Conferências de S. Vicente de Paulo (S. Victor e Santo Adrião), bem como à Equipa Sócio Caritativa dos Congregados, entidades que têm ajudado a minimizar a problemática social na freguesia de S. Victor e têm sido fundamentais na coesão social do nosso território.

Terminamos o ano 2016 com sensação do “dever cumprido”, permitindo, assim, que o Natal seja mais alegre para muitas das famílias mais desfavorecidas, conseguindo prolongar o espírito natalício por todo o ano 2017.