No dinâmico processo saúde-doença a condição de doença, que é uma situação de crise, acompanha a humanidade e necessita do cuidado à saúde para que seja estabelecida a condição de saúde e equilíbrio do individuo. Muitas vezes, este cuidado não pode ser auto-realizado e surge o importante papel do cuidador.

O cuidador é a pessoa, membro da família ou não, que se dispõe a cuidar da pessoa doente ou dependente auxiliando na realização de atividades do dia-a-dia, com ou sem remuneração.

Estes cuidadores podem ser formais ou informais.

Dependendo das características do cuidador, necessidades de cuidado, condições para prestar o cuidado e fatores sócio-culturais e das necessidades do doente, este cuidado pode tornar-se uma fonte de stresse e gerar grande sobrecarga ao cuidador.

Estudos indicam que, sem suporte e a devida orientação para realizar o cuidado em saúde, o cuidador é sobrecarregado e, não raro, também adoece.

Este Seminário organizado pela Coop21 Especial, com apoio da Junta de Freguesia de S. Victor, decorre no auditório da autarquia, dia 18, com abertura do secretaria às 9h.