É desolador ser confrontado com o vandalismo em imóveis, sobretudo naqueles que se querem como “escolas de cidadania”.

Não temos o poder de lançar um combate contra o vandalismo em todas as suas formas de expressão, mas temos imensa vontade de encontrar respostas que diminuam estas más práticas cívicas.

Pugnaremos por uma freguesia que reconheça a arte urbana, mas que seja exemplar na desconstrução da desvalorização dos equipamentos públicos. Também aqui poderemos encontrar plataformas de atuação junto da Câmara Municipal de Braga, no que toca à valorização dos espaços da cidade.

Manifestamos essa vontade e esse desejo e esperamos poder ajudar a formar cidadãos participativos, que rubriquem opiniões nos locais apropriados e de forma construtiva.

1) – JI/EB1 do Bairro da Alegria;
2) – Saboaria/Perfumaria Confiança;