O quiosque da Senhora-a-Branca foi transformado num posto de turismo da Junta de Freguesia de S. Victor. Ao longo desta Semana Santa em Braga, este quiosque passa a ser o ponto de encontro e de informação sobre o património de S. Victor com a colaboração de estudantes da Profitecla.

O presidente da maior junta de freguesia do concelho, Ricardo Silva lamenta o abandono destes espaços e, por isso, assume a responsabilidade de lhes atribuir uma nova função. Em declarações à imprensa, no passado dia 09 de Abril, dia em que o quiosque abriu como posto de turismo, o autarca reconheceu que “este tipo de modelo de negócio está esgotado, e uma das estratégias para dinamizar e devolver alguma vida a este tipo de equipamentos é precisamente dar-lhes uma nova função”. Lembrando que os restantes equipamentos que estão fechados serão reconvertidos em bibliotecas de jardim, este, da Senhora-a-Branca, “pelo seu posicionamento – no eixo de ligação entre as igrejas da Senhora-a-Branca, de S. Victor e da Capela de Guadalupe terá uma função turística”.

Um ponto de referência para que os turistas conheçam a programação cultural e partam para o programa ‘S. Victor de Portas Abertas’, naquela que é também uma experiência profissional para os alunos da Profitecla.

Os alunos, neste contexto de estágio, têm “a oportunidade de formação, de saber acolher o turista, desenvolver iniciativas de proximidade ao turista e também as competências linguísticas”. Além disso, toda esta acção pretende que “o turista saia do casco velho da cidade e venha mais para o lado de S. Victor com um património riquíssimo para ver e conhecer”, acrescentou Ricardo Silva.

O quiosque transformado em Posto de Turismo da Senhora-a-Branca estará aberto ao longo de toda a Semana Santa das 9H00 às 17H00. Ao longo do mês de Maio funcionará durante os fins-de-semana, mas em Junho estará aberto diariamente.