Perturbação de Hiperatividade/Défice de Atenção – sinais de alerta e estratégias de atuação

A Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção (PHDA) é uma perturbação neuro-comportamental que se carateriza por uma desadaptação no funcionamento do indivíduo, a nível pessoal, social, escolar e/ou familiar.

Esta é uma disfunção neurobiológica que se manifesta precocemente e está presente em mais do que um contexto de vida, limitando a capacidade de agir de forma autorregulada.

A PHDA comporta dificuldades no controlo da atenção/concentração, agitação motora e/ou impulsividade. Estas dimensões manifestam-se em várias intensidades e formas, podendo levar a desadaptações de diferentes graus no percurso escolar, relações interpessoais, autonomia pessoal e autoestima.

Dadas as implicações apresentadas, é fundamental debater como a comunidade educativa as caraterísticas subjacentes a este quadro, sensibilizar para a importância de um apoio assertivo e eficaz, orientar na procura de respostas, e desmistificar os mitos associados à PHDA.