Procedimento Concursal – ASE

FREGUESIA DE BRAGA (SÃO VITOR)

Aviso

Procedimento concursal comum para constituição de relação jurídica de emprego público por tempo determinado – termo resolutivo incerto, na categoria de Assistente Técnico para preenchimento de 4 (quatro) postos de trabalho da carreira de assistentes técnicos (animadores socioculturais), do mapa de pessoal da Freguesia de Braga (São Vítor).

1 – Para efeitos do disposto no artigo 11.º da Portaria n.º 125-A/2019, de 30 de abril, conjugado com o preceituado nos artigos 30.º, 33.º e seguintes da Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas, aprovada pela Lei n.º 35/2014, de 20 de junho, na sua atual redação, e com o artigo 9.º do Decreto-Lei n.º 209/2009, de 3 de setembro, na sua atual redação, torna-se público que, por deliberação do executivo da Freguesia de Braga (São Vítor), de 08 de janeiro de 2020, se encontra aberto, pelo prazo de 10 (dez) dias úteis, a contar da data da publicação do presente aviso no Diário da República, Procedimento Concursal Comum, na modalidade de Contrato de Trabalho em Funções Públicas a Termo Resolutivo Incerto, para preenchimento de 4 (quatro) postos de trabalho, previstos e não ocupados no mapa de pessoal desta freguesia, para a carreira e categoria de Assistente Técnico, para desempenho de funções de animadores socioculturais.

2 – Caraterização do posto de trabalho: para além das funções inerentes à carreira e categoria de assistente técnico, constantes do mapa anexo à Lei n.º 35/2014, de 20 de junho, por remissão do artigo 88.º do mesmo diploma, de grau 2 de complexidade funcional, o trabalhador irá desempenhar, em conformidade com o estabelecido no mapa de pessoal da Freguesia de Braga (São Vítor), as funções de animador sociocultural, que consistirão, designadamente, no apoio socioeducativo às crianças do pré-escolar, nomeadamente, fornecimento de almoço, prolongamento de horário e atividades nas interrupções letivas.

3 – As demais informações necessárias constam da oferta publicitada integralmente na Bolsa de Emprego Público, em www.bep.gov.pt, e no sítio da Internet da freguesia, em http://www.juntasvictor.pt

27 de maio de 2020 – O Presidente da Junta de Freguesia de Braga (São Vítor), Ricardo Jorge Pereira da Silva

Aviso Procedimento Concursal

Formulário de candidatura para procedimento concursal

Ata nº 1 – Fixação dos critérios de apreciação e ponderação dos métodos de seleção – Assistente Técnico

Aviso da publicação no DR – 09.06.2020

Formulário do direito de participação de interessados

Ata nº 2 – Verificação dos requisitos de admissão e elaboração da relação de candidatos admitidos

Resultados prova avaliação curricular – 23.07.2020

Resultados da prova da entrevista profissional de seleção – 18.09.2020

Lista unitária de ordenação final

Há Festa no Bairro…de Santa Tecla

hafestanobairro_santatecla

No seguimento das atividades do programa de Verão “Respirar Feliz em S. Victor”, a Junta de Freguesia de S. Victor leva até às gentes de Santa Tecla o evento “Há festa no Bairro”, que se realiza na sexta-feira, dia 29 de Julho, no polidesportivo de Santa Tecla, na Rua de Baixo.

Depois das edições no Bairro da Alegria, Enguardas e no Bairro Eng. Duarte Pacheco, “Há Festa no Bairro” visa dar continuidade à descentralização das atividades culturais e a iniciativa em Santa Tecla contará com a atuação do grupo de Concertinas “Em Diálogo”, do Centro Comunitário de Monsul, que animará as ruas de Santa Tecla, dando início à festa às 21h30.

 

De seguida, dá-se a atuação do Grupo de Cavaquinhos de Santa Tecla, conjunto veterano nas atividades populares e que tem por sede o Grupo Desportivo e Recreativo de Santa Tecla.

A festa continua com a Associação Cultural e Festiva “os Sinos da Sé”, que irão mostrar o seu repertório de dança e música tradicional popular.

Este evento cultural é de acesso livre e para toda a gente, contando com o apoio do G.D.R.C. Santa Tecla e da Câmara Municipal de Braga.

 

A Arte na Rua – Paraíso de Kandinsky

Arte na Rua_Kandinsky

 

ARTE NA RUA

A CEA – Cooperativa de Ensino Artístico e a Junta de Freguesia de S. Victor, procuram contribuir para a diversidade de experiências, levando para a Praça da Justiça (em frente ao Tribunal) um dia repleto de atividades, onde a diversão e a criatividade ganham expressão artística.

Tal como o evento “Traços de Van Gogh”, realizado no ano passado, este destina-se a crianças, jovens e adultos que queiram experimentar um momento de Arte, podendo fazê-lo livremente, sempre orientados por artistas plásticos da nossa cidade.

A partir das 16h acontecem momentos artísticos compostos por: Desenho, Pintura, Dança Música e muitas outras surpresas, até às 20h. Apareçam e venham divertir-se connosco!

Contamos com a vossa presença!

Atividades de Animação e Apoio à Família

ASE_Piscina

 

 

13699488_1096681640377868_241295001_o

 

 

 

 

 

 

 

Damos a certeza, aos pais, que os meninos e meninas que frequentam as Atividades de Animação e Apoio à Família (ASE) aproveitam bem o tempo que passam no recinto escolar.

Seja no JI das Enguardas ou no JI do Bairro da Alegria, a diversão faz-se junto da água, com piscinas insufláveis, que permitem amenizar a elevada temperatura que se faz sentir.

As Atividades de Animação e Apoio à Família terminam na próxima 5ª feira, dia 28/07, voltando a 05 de Setembro, certamente, com novas iniciativas e motivos de interesse.

Colónias de Férias “Praia de Sonho”

Colónias

 

As melhores Férias de Verão são na Apúlia, investida como “embaixada de S. Victor”, onde a diversão é garantida e a qualidade do programa de atividades é um conforto para os pais, que têm na equipa de voluntários da Junta de Freguesia a confiança de quem cuida e protege, de quem brinca e proporciona sempre experiências divertidas e únicas.

Estamos no primeiro dia das Colónias de Férias “Praia de Sonho”…

Férias nas Piscinas

Piscinas

 

 

Estamos a viver um mês de Julho muito quente e nada melhor do que ocupar o tempo dos nossos meninos e meninas permitindo a frequência e utilização das piscinas da Rodovia.

Numa parceria com a Câmara Municipal de Braga, várias dezenas de jovens da freguesia de S. Victor estão a frequentar as piscinas da Rodovia, durante o período da manhã, até ao próximo dia 29/07.

Os nossos jovens utentes estão felizes e aproveitam cada minuto ao pé da piscina.

Noites Brancas da Senhora-a-Branca

Cartaz_NoitesBrancas2016_Programa
IMG_1083

IMG_1223

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Realizou-se, no passado dia 16, no Largo da Senhora-a-Branca, a XIV edição do Festival Internacional de Música Polifónica “Noites Brancas”, evento que contou com a presença de quatro grupos de referência.

A noite quente que se fez sentir ajudou a que o público acorresse, em grande número, ao Largo, para assistir às atuações do Coro Juvenil de Vieira do Minho, do Orfeão de Braga, do grupo Gli Appassionati e do Coro Polifónico de S. Victor.

O Coro Juvenil de Vieira do Minho é formado por jovens vieirenses e iniciou a sua atividade em 2012, numa parceria com os Fura del Baus, a propósito das comemorações da Capital Europeia da Cultura, em Guimarães. Sob a direção de Sandra Azevedo, o coro conta com aproximadamente 30 elementos, com idades compreendidas entre os 12 e os 20 anos, sendo que 90% dos seus membros pertence à Academia de Música Valentim Moreira de Sá.

Já o Orfeão de Braga, um dos grupos residente, trouxe a este evento os clássicos populares da música portuguesa, dando destaque à polifonia. O Orfeão de Braga é o grupo musical mais antigo da cidade de Braga e, atualmente, é dirigido pelo Maestro Paulo Campos.

Os Gli Appassionati são uma formação vocal e musical oriunda de Vigo. Criados em 2012 pela mão da mezzosoprano Nuria Lorenzo, este coro de camara adapta-se, em estilo, aos eventos, encontrando repertório mais adequado. Nas “Noites Brancas da Senhora-a-Branca”, os Gli Appassionati, grupo patrocinado pelo Turismo das Rias Baixas, estiveram em S.Victor com clássicos Pop, entoando Beatles, entre outros.

A finalizar, ao palco, formado pelo escadório da Igreja da Senhora-a-Branca, subiu o Coro Polifónico de S. Victor, que apresentou peças modernas, como Coldplay, até temas mais clássicos. O Coro Polifónico de São Victor (Braga) é atualmente formado por cerca de 50 elementos de várias idades e que fazem parte dos coros que animam as Eucaristias Dominicais. Esses coros têm essencialmente uma função litúrgica, tal como animar a assembleia eucarística, iniciar e sustentar os cânticos. Os membros do coro prestam um autêntico serviço litúrgico. Nos últimos anos, o Coro da Igreja de São Victor tem alargado o seu reportório para além do domínio litúrgico, apresentando peças mais modernas. Habitualmente, nestes concertos, o Coro Polifónico de São Victor é dirigido pelo Pe. Sérgio Torres, um dos párocos de São Victor, tendo sido acompanhado, ao piano, pelo Prof. António Costa Gomes.

A cada grupo foi oferecido uma peça da “Nossa Senhora do Leite”, pela semelhança temática à Senhora-a-Branca e porque, com a sua aquisição, a Junta de Freguesia de S. Victor quis auxiliar a Cerci Braga, para quem reverte o valor da compra.

A fachada da Igreja da Senhora-a-Branca voltou a ser o cenário escolhido para este evento, que, com estas melhorias introduzidas, foi o vencedor do Galardão “A Nossa Terra”, na Categoria Evento, que este ano foi apresentado por Carina Rodrigues.

No encerramento do certame, Ricardo Silva, Presidente da Junta de Freguesia de S. Victor, reiterou a importância das “Noites Brancas da Senhora-a-Branca” no programa de atividades da Freguesia de S. Victor. “As Noites Brancas da Senhora-a-Branca” é daquelas atividades em que depositamos todas as energias, além de ser das mais aguardadas pelo público, pois motiva-nos ver o Largo da Senhora-a-Branca repleto de pessoas. A qualidade imposta por este festival é traduzida pelo número de pessoas que assiste ao espetáculo, que tem sido em número crescente de ano para ano. É um orgulho, no espetro de uma freguesia, realizar um dos momentos altos das atividades culturais da nossa cidade”.

Presente neste festival, esteve Firmino Marques, atual Vice-Presidente da Câmara Municipal de Braga, que foi o mentor desta iniciativa, a quem foi tributada uma salva de palmas por essa iniciativa.

As “Noites Brancas da Senhora-a-Branca” voltam, em 2017, para a 15ª edição, prometendo surpreendentes novidades.

S. Victor de Portas Abertas – Ep.04 Capelas de S. Victor-o-Velho e S.Victor-o-Mártir

s.victorovelhorep04

 

 

 

 

Continuamos de “Portas Abertas” para dar a conhecer os grandes pormenores da História da nossa Freguesia, a partir dos nossos monumentos.

Neste 4º episódio de “S. Victor de Portas Abertas”, apresentamos dois locais emblemáticos da nossa freguesia, associados à devoção a S. Victor.

“Entrem” nas Capelas de S. Victor-o-Velho e S. Victor-o-Mártir e descubram os pormenores destes dois pequenos grandes templos!

“DESCOBRIR BRACARA AUGUSTA”

Bracara_RomanaAproveitando a realização do evento “Braga Romana”, a Junta de Freguesia de S. Victor e a JovemCoop, com o apoio da Câmara Municipal de Braga, vão realizar duas sessões sobre história local, com o intuito de ajudar a contextualizar e informar sobre o período cronológico de Bracara Augusta.

“Descobrir Bracara Augusta” é o mote de um ciclo de sessões informativas que visa dar a conhecer as condições geográficas, sociais e políticas que permitiram a fundação desta cidade romana.

A primeira sessão, subordinada ao tema “Da Pré-História a Bracara Augusta”, realiza-se na Segunda-feira, dia 23 e será orientada pelo arqueólogo Gonçalo Cruz.

No dia 24, o tema da segunda sessão será “Bracara Augusta: Cidade Bimilenar” tendo por orador Rui Morais, docente universitário e autor do livro “Bracara Augusta”, entre outras publicações alusivas à cidade romana.

Para melhor vivenciar o evento “Braga Romana”, torna-se necessário que as pessoas possam conhecer as origens dos povos, os usos e costumes, bem como os fatores que proporcionaram a entrada dos romanos nesta região. A edificação de Bracara Augusta e o modus vivendi romano ainda hoje marcam o nosso dia-a-dia, influenciando a nossa visão de cidade.

As duas sessões “Descobrir Bracara Augusta” são de entrada livre e realizam-se no auditório da Junta de Freguesia de S. Victor, tendo início às 21h30.