Promoção “Amigos do Café”

Promoção “Amigos do Café”

pequeno-almoco-amigos

A promoção da nossa Freguesia também conta com a iniciativa dos estabelecimentos comerciais e de restauração.

Aproveitamos a iniciativa “Amigos do Café”, da Associação Comercial de Braga, para tomar o pequeno-almoço saudável na “Ritinha”, no Largo da Senhora-a-Branca, reunindo os nossos amigos. Partilhamos este momento matinal com Rui Marques, Diretor Geral da ACB e com Rolando Silva, do IPDJ, usufruindo do pequeno-almoço e da partilha de ideias que consubstanciem e capacitem a nossa freguesia como ponto central da cidade.

Agradecemos a presença dos nossos amigos e desejamos sucesso a esta feliz iniciativa dos “amigos do café”.

ABRA – cooperação na defesa dos animais

ABRA – cooperação na defesa dos animais

img_3553_1

 

“Uma espécie de Patrulha Pata”, podia ser nome desta ação.

Quisemos mostrar o respeito pelos “nossos amigos de 4 patas”, bem como homenagear o trabalhos dos voluntários da ABRA, respeitando o trabalho realizado no Canil de Braga.

Sabemos que todos os recursos são poucos para auxiliar os voluntários a tratar, condignamente, os cães e gatos que se encontram ali “alojados”.

Assim, no dia 13/10, fomos ao Canil Municipal, ao encontro dos voluntários da ABRA, entregar várias embalagens de ração para cães e gatos, esperando ajudar a minimizar as dificuldades e assimetrias sentidas nesta nobre causa.

Na impossibilidade de fazer esta entrega no Dia Mundial do Animal, quisemos hoje, simbolicamente, associar-nos à ABRA. A todos os voluntários, os nossos desejos de bom trabalho e agradecimento pela entrega a esta missão.

Trabalho Académico – As Sete Fontes e o Turismo

Trabalho Académico – As Sete Fontes e o Turismo

trabalho-grupo-2

Pode o Complexo Eco-Monumental das Sete Fontes ser um ativo turístico da Cidade de Braga?

Pode e, no que depender da Junta de Freguesia de S. Victor, assim será.

Esta é a convicção que Ricardo Silva, Presidente da Junta de Freguesia de S. Victor, transmitiu a Daniela André e Diana Matos, alunas do 2º ano de Gestão de Atividades Turísticas, no IPCA.

No âmbito da cadeira de Património Cultural, Daniela André e Diana Matos propõe-se a conhecer as Sete Fontes e a “mostrar” as potencialidades deste Complexo Monumental, com capacidade de atração de pessoas, do ponto de vista turístico.

É nosso desejo que este trabalho verta a importância das Sete Fontes, pelo que demonstramos total colaboração a estas duas alunas.

Desejamos bom trabalho e prometemos uma visita às Sete Fontes para breve!

Trabalho Académico – Promoção de Políticas para a Leitura

Trabalho Académico – Promoção de Políticas para a Leitura


trabalho-grupo-1

Acolhemos, de braços abertos, todos os grupos académicos que se queiram debruçar sobre as iniciativas da nossa Freguesia.

No dia 12/10, recebemos as alunas Leonor Pascoal, Lucineide Santos e Glória Costa, do 2º ano (pós-laboral) da Licenciatura de Educação da Universidade do Minho, que estão a desenvolver, para a cadeira de “Concepção, Gestão e Avaliação de Projetos”, um trabalho sobre a promoção de estímulos à leitura.

Naturalmente, falamos sobre o Clube de Leitores, os Livros dos Contos de Natal, a Brochura Infantil sobre o Património de S. Victor, a nossa Biblioteca e a iniciativa “Um Escritor…Um Amigo!”.

Com estas iniciativas, entendemos estar a estimular os salutares hábitos de leitura, colocando a nossa Freguesia na senda das boas práticas.

Feira do Emprego de S. Victor

img_3080 img_3138 img_3549

Foram cerca de 30 empresas que estiveram nos dias 7 e 8 de Outubro a recrutar na Feira de Emprego de S. Victor, que decorreu no Retail Center, em Braga.

Tratou-se de uma iniciativa da Junta de Freguesia de S. Victor que organizou o certame por se tratar de uma “necessidade no concelho”. É pelo menos essa a convicção do presidente da Junta, Ricardo Silva, que, durante a inauguração da feira, garantiu que “há uma carência enorme de concentrar num único sítio este tipo de iniciativas”.

Ricardo Silva lembrou que se “pretende conseguir dar uma janela de esperança às pessoas” numa actividade onde é possível que os bracarenses “consigam explorar as suas competências”.

No ano anterior a Feira de Emprego conseguiu garantir emprego a 25 pessoas, um número que o presidente da Junta pretende duplicar na edição deste ano.

Ricardo Silva frisou ainda que os números de desempregados inscritos no Gabinete de Inserção Profissional têm aumentado na Junta de Freguesia, uma situação que o preocupa até porque, no último ano, “houve um aumento de 650 inscrições”.

“Esta feira tem uma sensação de agridoce. É doce quando percebemos que conseguimos responder às necessidades das pessoas, mas tem sabor extremamente amargo quando percebemos que as pessoas precisam deste tipo de iniciativas para conseguirem essa janela de esperança”, ressalvou Ricardo Silva.

Por isso, o autarca salientou que “o ideal era não haver necessidade de fazer esta feira”, mas confessou ser imperativo “obedecer à responsabilidade e visão estratégica de ir ao encontro da necessidade das pessoas”.

Presente nesta abertura esteve o presidente do município, Ricardo Rio, que sublinhou que se pretende “criar uma ligação entre a procura e oferta de empregos” frisando que “se outras instituições puderem desenvolver iniciativas análogas, se vão atingir mais oportunidades e potenciar a colocação de mais pessoas”.

Já o director do Centro de Emprego de Braga, Carlos Menezes, frisou a necessidade da aposta na qualidade do emprego que é oferecido neste tipo de iniciativas deixando o repto às autarquias locais “para que ao apostarem nestas iniciativas procurem não só a qualidade, mas sim a qualidade”.

A cerimónia de encerramento, que decorreu ao final do dia 8, contou com a presença do Vice Presidente da CMB, Firmino Marques, que louvou a iniciativa e percorreu todos os stands, em conjunto com o Presidente da Junta, entregando uma lembrança a cada uma das empresas participantes.

S. Victor colabora em estudo sobre espaços verdes

img_2910

Estamos de “Porta Aberta” para acolher alunos, permitindo um maior conhecimento dos nossos projetos e do nosso território.

Na tarde do dia 04/10, recebemos a Silke Vollbrecht (Alemanha), Jill Soedarso (Holanda), Daniela Angioletti (Brasil) e Hijjaz Sutriadi (Indonesia), 4 estudantes da Universidade Wageningen University & Research, na Holanda.

Atualmente, este grupo está a trabalhar num projeto com a Quercus sobre o tema “Espaços Verdes na Cidade de Braga”.

O objetivo deste projeto é reunir informações sobre espaços verdes, perceber a sua fruição e como aprimorar e manter a qualidade e quantidade dos espaços verdes em Braga.

Durante quase uma hora, falamos a este grupo sobre os nossos espaços verdes, a nossa forma de os promover e como desejamos que as Sete Fontes venham a ser o Parque Verde da Cidade. Mostramos o episódio III da webserie “S. Victor de Portas Abertas” e relembramos a história do Processo de “Pressão Pública” sobre as Sete Fontes, alem de termos mostrado a nossa app “minhafreguesia” e a nossa Horta Urbana.

Foi um enorme prazer receber estes 4 estudantes e foi um gosto partilhar a nossa visão de freguesia e de cidade, mostrando que a cidade merece ser pensada por todos.

À Daniela, ao Hijjaz, à Silke e à Jill oferecemos uma réplica da Mãe d’Água das Sete Fontes, para que se relembrem da sua passagem por S. Victor.

S. Victor no Desfile Etnográfico da Semana do Mundo Rural

mundo-rural

Temos muita honra em participar nos desafios que o Município nos lança, contudo, assumimos que só conseguimos marcar presença através do esforço e empenho de muitos, que se tornam uma só equipa, em prol da Freguesia de S. Victor.

Participámos, no domingo, dia 02/10, no Cortejo Etnográfico das Freguesias, inserido na Semana do Mundo Rural, mostrando os aspetos rurais da Freguesia de S. Victor, destacando os nossos desejos (Parque Verde Sete Fontes) e os novos projetos (Horta Urbana da Quinta da Armada)!

Agradecemos ao nosso amigo Abilio Marques Ferreira ter colocado a sua carrinha à disposição desta atividade,

Um agradecimento forte à JovemCoop por ter aceite o desafio de montar e decorar a carrinha, idealizando a matriz rural da freguesia.

A nossa participação foi animada, dinamizada e abrilhantada pela Associação Cultural e Festiva “Os Sinos da Sé”, a quem agradecemos, pois cantaram, tocaram, dançaram e mostraram à cidade a nossa tradição etnográfica e popular.

Por esta rica participação, queremos deixar o nosso sentido e profundo agradecimento ao Amigo Abílio Marques Ferreira, à JovemCoop e aos “Sinos da Sé”, por dignificarem a participação da nossa freguesia neste Cortejo.

img_2835 img_2844 img_2849

Férias Seniores na Praia – Apúlia 2016

img_2484_1

A dia 01 de Outubro celebra-se o Dia Internacional do Idoso e a autarquia de S. Victor homenageia todos os nossos seniores convidando-os a participar num fim de semana de sonho.

“Férias Seniores na Praia da Apúlia 2016” é uma atividade que transforma um fim de semana normal em 48h de grande alegria, de muitos sorrisos e pleno de emoções.

Reunimos 150 seniores, de várias localidades da nossa freguesia, que levam até à Praia da Apulia a responsabilidade de representarem a Freguesia de S. Victor.

O programa cultural da atividade é vasto, sendo que contamos com a colaboração da Estudantina – Tuna de Braga, do Grupo Coral de Guadalupe, da Nortemed e da Em Famílias, a quem agradecemos o apoio, que torna possível esta atividade.

Viver e saber viver…agradecer a vida e combater o isolamento social é missão que encabeçamos com alegria e isso traduz-se em 150 sorrisos de felicidade, que durante o fim-de-semana fez esquecer as tristezas, as dores e amarguras.

Felicidade é o sentimento que traduz “A magia de uma Freguesia…A Alegria de uma Comunidade!”

Assim vivemos as “Férias Seniores na Praia, Apúlia2016”, no âmbito da celebração do Dia Internacional do Idoso!

 

img_2590 img_2621 img_2761 img_2766

“Cãominhada” Farmácia Pimentel sensibiliza para amigos de 4 patas

img_2488

A 4 de Outubro celebra-se o Dia Mundial do Animal e, homenageando os nossos amigos de 4 patas, associamo-nos à “Caominhada” organizada pela Farmácia Pimentel.

Numa organização irrepreensível, a Farmácia Pimentel convidou, no passado sábado, dia 01/10, os amigos e clientes a usufruir de uma manhã dedicada aos seus amigos canídeos, “caominhando” desde as Enguardas até ao Parque da Ponte, atravessando a Via Ciclável.

Porque a estreita cooperação entre as entidades revelam-se profícuas e porque reconhecemos a importância dos amigos de 4 patas, bem como a constante sensibilização a empreender para que o espaço público seja asseado e usufruído por todos, estivemos nesta caominhada com um enorme sentimento de alegria.

Agradecemos à direção da Farmácia Pimentel, em especial à Dr.a Isabel, o convite e o desafio que nos foi formulado, assumindo nova cooperação noutras atividades.

BragaMais evoca “Chapéus” de S.Victor

bragamais_chapeus

Numa freguesia com tão grande história sobre a Indústria Chapeleira, sentimo-nos honrados por acolher, na noite de 30/09, a sessão “Memórias de Braga”, uma iniciativa da associação BragaMais.

Os testemunhos de familiares de antigos chapeleiros e a memória das Fábricas Social Bracarense, Industrial e Taxa servem para relembrar as reminiscências industriais da nossa Freguesia e o património que se perdeu.

Louvamos a Associação BragaMais por recuperar a História dos Homens que se dedicaram aos chapéus, evocando, também, a Confraria de Santiago, padroeiro dos chapeleiros, que tanto marcou a vida desta freguesia.