Orçamento Participativo’2017

«Orçamento participativo estimula Cidadania Local»

O Orçamento participativo (OP) para 2017 da Freguesia de S. Victor já está em fase de apresentação de projetos, permitindo apresentar propostas até ao próximo dia 31 de maio.

Descarrega e preenche a tua FICHA DE PROJETO

Consulta aqui o REGULAMENTO OP_SVictor’17

De acordo com o regulamento do OP S. Victor, a apresentação das propostas pelos cidadãos decorre até ao próximo dia 31 de maio, podendo ser enviado por e-mail para geral@juntasvictor.pt ou entregue presencialmente nos Serviços Administrativos da Junta de Freguesia de S. Victor, sendo que a apreciação das mesmas faz-se nos dois dias imediatamente seguintes. O prazo para a apresentação de reclamações desta lista decorre entre 6 e 9 de Junho.

A divulgação da lista final de projectos ocorre no dia 16 de Junho e a votação será realizada presencial, em urna fechada, entre os dias 19 e 30 de Junho, entre as 9h30 e as 17h30, na Junta de Freguesia de S. Victor.

O regulamento do Orçamento Participativo para 2017 desta Freguesia estabelece que em 03 de julho seja proclamada a lista final e que a execução dos projetos vencedores tenha como prazo máximo a data de 31 de dezembro do corrente ano.

A Junta de Freguesia de S. Victor, à semelhança do ano transato, disponibilizou do seu orçamento geral uma verba de 2500 euros para a execução dos projetos do OP. Cada projeto a concurso não pode ultrapassar o valor máximo disponibilizado no OP, caso o projeto vencedor não alcance o valor total, então poderá dar origem ao apoio a um segundo projeto, sendo que as áreas a concurso são todas aquelas admissíveis no quadro de competências da Junta de Freguesia de S. Victor.

A apresentação das propostas pode ser feita por qualquer cidadão eleitor na Freguesia.

De acordo com o documento apresentado, o Orçamento Participativo (OP) é um importante instrumento de democracia participativa que permite aos cidadãos eleitores decidirem sobre uma parte do orçamento da Freguesia de S. Victor, convidando-os a identificar, debater e propor projetos estruturais para a freguesia. Para além disso, este instrumento de cidadania pretende dar a todos os cidadãos a possibilidade de, em igualdade de condições, poderem participar na tomada de decisões e na gestão de recursos.

 

Convívio Moradores do Bairro Eng. Duarte Pacheco

O Convívio dos Moradores, ex-moradores e Amigos do Bairro Eng. Duarte Pacheco é um sentimento de família que se renova todos os anos, juntando mais de uma centena de “bairristas”.

Este encontro teve início com uma celebração eucarística na Igreja de Santo Adrião, conduzida pelo Pe. João Bezerra e continuou com um almoço de confraternização, organizado por Abel Bezerra, Rui Braga e outros voluntários que se empenham nesta excelente realização.

Estivemos presentes como sinal de respeito e de amizade para com a organização e para com todos os moradores e ex-moradores que têm, neste convívio, um momento de partilha.

À organização deixamos os nossos parabéns pelo evento.

Senhora-a-Branca cumpre Procissão das Velas

Numa expressão de comunidade, a Igreja da Senhora-a-Branca acolheu, esta noite, 13/05, a tradicional Procissão de Velas.

Ao longo de um pequeno percurso, a população seguiu atras do andor de N.ª Sr.ª, num acto que também ficou marcado pela apresentação do livro dos 500 anos da Confraria da Senhora-a-Branca.

O 13 de Maio 2017 será sempre lembrado como uma data muito especial.

Formação “Novos Saberes, Novas Saídas Profissionais”

No passado sábado, dia 13/05, realizámos a formação em serviço de Mesa, Café/Bar, no âmbito de uma ação destinada a desempregados ou visando uma aprendizagem/requalificação de competências.

Superando as expectativas, esta ação contou com mais participantes do que inicialmente estipulado, provando a oportunidade desta ação de formação.

Promovida pela Profitecla e pela Junta de Freguesia de S. Victor, esta formação em serviço de mesa, café/bar, visou dar noções básicas de colocar uma mesa, saber servir e abordar o cliente, num contexto de simulação prática.

Ao longo do sábado, os formandos simularam o serviço de mesa uns com os outros, dando mais competências para poderem inserir-se no mercado de trabalho da restauração.

Agradecemos à Profitecla o facto de ter ministrado esta formação, bem como agradecemos aos formandos participantes.

Atelier Artes_Kadinsky

Na quarta sessão de “Viajando pelas Artes”, abordámos o pintor Kadinsky(1866-1944), que se enquadra na corrente artística “Abstracionismo”. Este pintor é caraterizado pela força e simbolismo das cores.

De forma educativa e pedagógica, os participantes entraram em contacto com a vida e obras do autor, a partir de um vídeo, jogo e execução de uma das suas obras com diferentes materiais e técnicas de pintura.

Esta iniciativa é dinamizada pelas educadoras Ana Sofia Maia e Susana Pires, das “Conversas entre Famílias”, a quem agradecemos.

Ordem dos Médicos Visita Sete Fontes

Não nos deixamos atemorizar pela chuva e, a convite da Delegação do Norte da Ordem do Médicos, partimos à descoberta do Complexo Eco-Monumental das Sete Fontes.

Ao longo de mais de duas horas, falámos da História do local, das principais personalidades que “marcaram” este monumento e ainda da sua função.

O desejo de ali vermos instituído o Parque Verde da Cidade renova-se a cada visita, e os participantes que hoje, dia 13/05, ficaram a conhecer, pela primeira vez, as Sete Fontes, ficaram maravilhados com este local tão natural e, simultaneamente, marcado pelo Homem.

À delegação do Norte da Ordem dos Médicos, agradecemos o convite e a iniciativa.

#queremosoparqueverdedassetefontes

Apresentação Livro Fábrica Confiança

A sessão “À descoberta de Braga”, iniciativa da CMB, desvenda hoje, dia 12/05, a História e a importância da Saboaria/Perfumaria Confiança, enquanto registo industrial marcante do último século.

O designer/investigador Nuno Coelho relembra os primeiros passos desta Fábrica, bem como enaltece o dinamismo dos seus fundadores.

Paralelamente a esta sessão, decorre o lançamento do Livro “Uma Historia de Confiança”, que perpetua a memória desta unidade industrial.

Um dos capítulos do livro demonstra a importância da Freguesia de S. Victor no contexto industrial.

Realização do XII Open Orientação

A Escola Secundária Carlos Amarante e a Junta de Freguesia de S. Victor realizaram hoje, dia 11 de maio, o XII Open de Orientação, evento que tem como objetivo a divulgação da modalidade e aplicação de competências desenvolvidas no âmbito da disciplina de Educação Física.

A prova desenrolou-se no mapa de orientação do RC6 e contou com o apoio do Regimento de Cavalaria e do PontoCOM – Clube de Orientação do Minho.

Mais de 500 atletas não se deixaram intimidar pela chuva e participaram em provas individuais, em grupo e no O-Labirinto (um super sprint).

Dado o mau tempo, a entrega de medalhas fica agendada para um futuro próximo.

O XII Open de Orientação conta com a colaboração e apoio do Pingo Doce BragaParque e do McDonald’s, que oferecem os suplementos alimentares aos participantes.

XII Open Orientação

A Escola Secundária Carlos Amarante e a Junta de Freguesia de S. Victor realizam 5ª-feira, dia 11 de maio, o XII Open de Orientação, evento que tem como objetivo a divulgação da modalidade e aplicação de competências desenvolvidas no âmbito da disciplina de Educação Física.

A prova desenrola-se no mapa de orientação do RC6 e conta com o apoio do Regimento de Cavalaria e do PontoCOM – Clube de Orientação do Minho.

Esta modalidade consiste na escolha do melhor trajeto entre pontos marcados num mapa e materializados no terreno através de balizas de Orientação, procurando cumprir assim no mais curto espaço de tempo possível um percurso sem qualquer auxílio externo que não, eventualmente, uma bússola, pelo que os atletas dispõem apenas da sua condição física, capacidade de leitura do mapa e capacidade de concentração para alcançar os seus objetivos.

Está prevista a participação de cerca de 550 alunos, em provas individuais, em grupo e no O-Labirinto (um super sprint). No final da prova, serão entregues as medalhas ao premiados.

Festival de Órgão de Tubos_Faculdade de Teologia

Numa verdadeira viagem musical pela Europa, a Capela da Faculdade de Teologia acolheu na passada 6ª feira, dia 05/05, o Concerto de Órgão de Tubos, superiormente interpretado por Gerben Mourik.

Este intérprete holandês tocou várias peças no órgão de tubos, maioritariamente acompanhadas ao som da Flauta de Pan, magistralmente roçada por Gerlinda Van den Berg.

A belíssima Capela da Faculdade de Teologia foi pequena para acolher tantas pessoas interessadas neste singular concerto inserido no Festival de Órgãos de Tubo, apoiado pela Junta de Freguesia de S. Victor