Aprovação do Plano de Atividades e Orçamento 2020

Decorreu, no passado dia 26 de Dezembro, a 10ª sessão ordinária da Assembleia de Freguesia de S. Victor.

Esta sessão fica marcada pela eleição de uma nova “Mesa de Assembleia”, após a renúncia da anterior Presidente, Olga Pereira, que entretanto assumiu funções como Vereadora na Câmara Municipal de Braga. A Mesa da Assembleia passa a ser presidida por Augusto Alexandre Dias, tendo como secretários João Rodrigo Correia e Maria José Sousa.

A Bancada da Coligação Juntos por Braga apresentou um voto de louvor pela realização da Ceia de Natal Social, que mereceu a aprovação por unanimidade.

Durante esta reunião, foi apreciado e comentado o Plano de Atividade e Orçamento para o ano 2020, que giza prioridades ao nivel da Ação Social e da promoção de iniciativas amigas do meio Ambiente.

O Plano e Orçamento foram aprovados com dez votos favoráveis e oito abstenções.

Pode conhecer o nosso Plano de Atividades e Orçamento carregando AQUI.

:: CEIA DE NATAL SOCIAL ::

A Junta de Freguesia de S. Victor realiza, pela primeira vez, uma Ceia de Natal para pessoas sem retaguarda familiar. Esta Ceia será realizada no dia 24 de Dezembro, entre as 19h e as 21h, no auditório da Junta de Freguesia de S. Victor e é destinada aos residentes na Freguesia que passariam a noite de consoada sozinhos.

A ideia desta Ceia é quebrar o isolamento social e estimular os laços de convívio, proporcionando um Natal mais caloroso do ponto de vista dos afetos.

Segundo o Presidente da Junta de S. Victor: “Numa freguesia com mais de 30.000 habitantes, sabemos que existem algumas pessoas que passam o Natal sozinhas, muitas delas seniores, algo que lamentamos e que nos deixa inquietos.

Se procuramos uma sociedade mais harmoniosa e equilibrada, pensamos que esta Ceia pode ser um contributo para minimizar a tristeza de quem se sente sozinho. E se o Natal é a Festa da Família e tendo conhecimento de que há pessoas que estão privadas de viver esta quadra com os seus entes queridos, é nossa vontade e desejo que nenhuma pessoa passe a Noite de Natal sozinha. Por isso, realizamos esta Ceia como forma de proporcionar um ponto de encontro a pessoas que estejam sozinhas e que queiram partilhar connosco a noite de Natal, dando como prenda, neste Natal, momentos de esperança, de alegria e de emoções, para lá da Ceia.” – afirma Ricardo Silva.

A Junta de Freguesia de S. Victor assegura a refeição, onde não faltarão o bacalhau e os doces típicos desta época.

:: CONCERTO DE NATAL -2/2 ::

A Capela de Guadalupe acolhe esta segunda-feira, dia 23, às 21h30, o segundo concerto de Natal da Junta de Freguesia de S. Victor.

No âmbito da sua programação de Natal, e após um intenso período dedicado à ação social, a Junta de Freguesia de S. Victor deseja celebrar o Natal, abrindo portas a um concerto de Natal em espírito familiar.

A Capela de Guadalupe é o local escolhido para esta celebração musical de Natal, contando com a participação do Grupo Coral de Guadalupe e da Estudantina de Braga, que irão dar destaque a um vasto reportório de músicas tradicionais de Natal, quer do cancioneiro nacional, quer de origem estrangeira.

Este concerto de Natal visa ser ponto de encontro para difundir a melhor cultura musical, mas também como iniciativa social de combate ao isolamento e de estimulo e homenagem à estrutura “Família”, tantas vezes desvalorizada nos dias de hoje.

Este concerto ganha um especial destaque devido à contribuição dada pela comunidade na entrega de garrafas de azeite e de artigos de puericultura que servirão para consubstanciar a ação da Comissão Social da Freguesia de S. Victor, seja na entrega de cabazes de Natal, seja na composição dos Enxovais “Um Bebé…Um Sorriso”.

A entrada é livre.

:: RECOLHA SOLIDÁRIA BENS ALIMENTARES ::

A Comissão Social da Freguesia de S. Victor, dinamizada pela Junta de Freguesia de S. Victor, promove, no fim-de-semana de 14 e 15 dezembro, uma Campanha de Recolha de Produtos Alimentares, que decorre no Pingo Doce do BragaParque.

Esta iniciativa tem por objetivo angariar bens alimentares para ajudar a constituir os cabazes de Natal e os denominados Kit SOS (o primeiro apoio alimentar a famílias em carência) que são entregues, pontualmente, como primeira resposta, às pessoas que o solicitem.

Tendo como foco o angariar bens alimentares, a Junta de Freguesia de S. Victor entrega, a cada pessoa que contribuir, um postal de Natal, como forma de agradecer o gesto e como forma de desejar boas festas.

“Uma vez que tentamos recolher bens alimentares para gerir durante todo o ano, todos os alimentos são bem acolhidos, contudo, gostaríamos de sensibilizar as pessoas que nos possam ajudar para poderem  reforçar aqueles bens que não são tão intuitivos, como por exemplo o azeite, o óleo, o sal, a farinha e até o açúcar.” – diz Ricardo Silva, presidente da autarquia.

Este ano, esta recolha tem duas novidades: Inserindo-se num espírito amigo do ambiente e promovendo as boas práticas, a Junta de Freguesia de S. Victor irá distribuir sacos de papel para recolher as contribuições alimentares; por outro lado, alguns bens recolhidos também serão utilizados na Ceia de Natal, para pessoas que passariam a noite de consoada sozinhas e que têm na Junta de Freguesia de S. Victor um local onde se sente o espírito de Natal.

Esta Campanha de Recolha de Bens Alimentares conta com o apoio do Agrupamento CNE3/S.Victor, Agrupamento CNE 660/Montariol, 7ª Companhia/Guias de Portugal, Pastoral de Jovens da Paróquia de S. Victor e a Escola Profitecla, entidades que têm participado ativamente na Comissão Social da Freguesia de S.Victor, bem como do BragaParque e do Pingo Doce. Todos os contributos são bem-vindos.

 

João Felipe Barbosa foi o vencedor da 2.ª edição do Concurso de Fotografia “S. Victor por uma Lente” subordinado ao tema ‘Arte | Património | Lazer’.

O propósito do concurso é desafiar todos os apaixonados da fotografia a revelar as perspetivas individuais de cada fotógrafo, dinamizando o sector da arte da captação de imagens, além do claro propósito de rejuvenescer e encorpar o banco de imagens da freguesia de S. Victor. Uma vez que os objetivos foram cumpridos, a Junta de Freguesia de S. Victor anunciou uma nova edição em 2020, durante a celebração das Jornadas Europeias do Património, no último fim-de-semana de Setembro.

Na cerimónia de anúncio dos premiados e entrega de prémios, que decorreu no Espaço Galeria da Junta de S. Victor, o júri foi unânime em reconhecer a “elevada qualidade” das fotos a concurso, destacando a foto vencedora “pelas cores, pelo enquadramento e até pelo original título que dá nome à fotografia”.
A imagem “Fim de Expediente”, de João Felipe Barbosa alcançou o primeiro lugar, seguindo-se Fatih Kahramanoglia, com o trabalho “Skate” e “Lágrima”, de António Peixoto, granjeou o terceiro lugar do pódio.

O anúncio e a atribuição dos prémios foram realizados por Ricardo Silva, Presidente da Autarquia de S. Victor, que fez questão de dirigir uma palavra de “reconhecimento e enaltecimento para com estes participantes que mostram as particularidades da nossa freguesia, destacando os pormenores ou os cenários com que convivemos diariamente, mas que, pela azáfama do dia-a-dia, nos passam despercebidos. Este é um tributo ao sentido da visão, mas também um claro reconhecimento a quem tem a coragem de partilhar a sua sensibilidade artística.

O Júri, composto por Adriana Henriques, artista plástica, Adão Silva, designer gráfico e por Sérgio Freitas, fotógrafo, decidiu, ainda, atribuir, entre os 39 trabalhos a concurso, três menções honrosas, destacando “Casa dos Puxadores” de Fatih Kahramanoglia, “Zona BragaParque” de Francisco Dias e “Obstáculos”, de Patrícia Peixoto.

Esta edição de “S. Victor por uma Lente” foi totalmente dedicada ao tema “Arte | Património | Lazer”, com o intuito de celebrar as Jornadas Europeias do Património, num feliz acaso da inauguração e atribuição de prémios ter decorrido no Dia Internacional do Turismo, como forma de promover os ativos monumentais e turístico da Freguesia de S. Victor.

:: FEIRA DO EMPREGO ::

 

A Junta de Freguesia de S. Victor realiza, nos próximos dias 11 e 12 de Outubro, uma nova edição da Feira do Emprego.

Esta quarta edição da Feira do Emprego, realiza-se no claustro do Espaço Vita e conta com quase três dezenas de empresas em fase de recrutamento.

Esta iniciativa promovida pela Junta de Freguesia de S. Victor, através do seu Gabinete de Inserção Profissional (GIP), visa responder a uma necessidade premente de criar condições para que as pessoas em contexto de desemprego ou com vontade de mudar a situação profissional possam encontrar, num só espaço e ao mesmo tempo, empresas que procurem recursos humanos. Além disso, possibilitamos às empresas encontrar pessoas motivadas e interessadas para suprir a falta de mão de obra em determinadas áreas laborais.

É uma atividade de responsabilidade social porque une vários parceiros que entendem poder contribuir para baixar a taxa de desemprego, possibilitando um horizonte profissional estável e contribuindo para uma harmonia nos agregados familiares.

Esta edição da Feira do Emprego conta com a participação de empresas ligadas à área da construção, à área de transportes, à área das tecnologias, contando também com a participação de empresas de material escritório, sector têxtil e também da área do ensino e da formação.

Entendendo que a empregabilidade é uma prioridade social e financeira, a Junta de Freguesia de S. Victor investe na Feira do Emprego, promovendo em escala a empregabilidade e cumprindo mais uma missão social, numa altura em que muitos agregados familiares estão sufocados com as contas do início do ano letivo.

Para Ricardo Silva, presidente da Junta de Freguesia  “é nosso entendimento que se esta autarquia não pode criar emprego, podemos e devemos ser agentes facilitadores e promotores de contatos entre entidades que procuram os melhores recursos humanos e as pessoas que procuram um futuro mais estável”. Esta iniciativa torna-se, ainda, inclusiva, permitindo que muitos emigrantes, recém chegados a Braga e à procura de janelas de oportunidade, possam encontrar ali uma esperança profissional, contribuindo para a integração social.

A grande novidade desta 4ª edição da Feira do Emprego é a parceria criada com o Espaço Vita, que possibilita que a iniciativa se concretize no Claustro, criando um local moderno, atrativo e confortável para esta realização. A localização central do Espaço Vita, o facto de ter estacionamento disponível e o acesso à rede wireless são alguns dos atrativos que levam a apostar neste local, numa dinâmica de reforço à Feira do Emprego.

“Ainda não temos o número total de ofertas que estarão à disposição nesta Feira do Emprego, mas se auxiliarmos pelo menos uma pessoa a encontrar um novo rumo de vida, então teremos a certeza que a nossa aposta é ganha, reforçando o papel de empreendedor social da Junta de Freguesia de S. Victor. Sempre que nos é permitido mudar a vida de uma pessoa para melhor, estamos a cumprir o nosso papel político de servir as pessoas e, em especial, os nossos fregueses” – diz Ricardo Silva.

A Feira do Emprego de S. Victor conta ainda com a parceria do Blog “O Empreendedor Bracarense”, que está a preparar uma ronda de “talks” e de breves palestras sobre temas ligadas à motivação pessoal, empreendedorismo, técnicas de marketing, entre outros.

A Feira do Emprego de S. Victor abre portas, na 6ª e no sábado, às 10h e encerra às 19h, com pausa no horário de almoço entre as 12h30 e as 14h. A entrada é gratuita e o acesso ao Espaço Vita faz-se pela Rua José Sarmento.

 

Férias Seniores na Praia da Apúlia

Dinamizando uma vertente social e enaltecendo o dom da vida, queremos convidar os nossos fregueses mais “experientes” e proporcionar-lhes um tempo inesquecível.

Assim, nos dias 28 e 29 de Setembro, realizaremos mais uma edição das “Férias Seniores na Praia da Apúlia”, iniciativa dirigida à população sénior .

“Férias Seniores na Praia da Apúlia 2018” visa transformar um fim-de-semana normal em 48h de grande alegria, de muitos sorrisos e pleno de emoções, enfatizando a necessidade da promoção do convívio, da partilha de ideias e de momentos que marquem positivamente os seniores de S. Victor.

 

:: CONCURSO FOTOGRÁFICO ::

“S.VICTOR POR UMA LENTE”

A Junta de Freguesia de S. Victor promove o concurso de fotografia “S. Victor por uma Lente”, inserido nas Jornadas Europeias do Património, com o tema “Arte, Património e Lazer”.

O concurso de fotografia pretende divulgar e promover o património natural, arquitetónico, cultural e social da freguesia de S. Victor. Tem como principal objetivo sensibilizar os cidadãos para a observação e valorização deste património, incentivando a expressão, o desenvolvimento de competências técnicas e a criatividade no âmbito da fotografia.

Em simultâneo, a nossa ideia é constituir um banco de imagens sobre a Freguesia, realizando uma exposição fotográfica que permita dar a conhecer os nossos Monumentos e o nosso Património.

Para participar, os candidatos devem ler o regulamento* e entre 15 de Agosto e 15 de Setembro podem captar as fotografias. De seguida, devem preencher a ficha de inscrição, seleccionar as 3 fotos a submeter ao concurso e envia-las, juntamente com a ficha de inscrição, para o nosso mail, até dia 18/09.

Este concurso é aberto a todos e o que conta é participar e evidenciar as particularidades da Freguesia de S. Victor.

FICHA DE INSCRIÇÃO – S.VICTOR POR UMA LENTE

REGULAMENTO PARTICIPAÇÃO_S.VICTOR POR UMA LENTE

:: NOITES BRANCAS DA SENHORA-A-BRANCA ::

Enquadrado nas atividades de Verão “Respirar Feliz em S. Victor”, realiza-se no próximo sábado, dia 13 de Julho, às 21h30, a XVII Edição do Festival Internacional de Música Polifónica “Noites Brancas da Senhora-a-Branca”, que acontece no Largo com o mesmo nome.

Este concerto ao ar livre conta com a participação do Orfeão de Braga, seguindo-se os convidados internacionais, Grupo Coral de A Guarda (Galiza) e o “Projeto Concerto Tempo”, vindo de Ferrol. O programa conta, ainda com a participação da Tuna Estudantina de Braga e o encerramento será realizado pela “Prata da Casa”, com a atuação do Coro Polifónico de S. Victor, dirigido pelo Pe. Sérgio Torres.

Num figurino atrativo e confortável, ao espectador proporciona-se a possibilidade de assistir a um evento de qualidade, enquanto aprecia o melhor do património arquitetónico e cultural, com a fachada da Igreja da Senhora-a-Branca a fazer de cenário.

A qualidade musical e cénica tem trazido um substancial aumento de número de espeCtadores, que acorrem a esta “sala de visitas” da Freguesia, que é o Largo da Senhora-a-Branca, para assistir à atuação de 5 formações musicais de referência.

A participação é livre.