Prémio Mérito de S. Victor – 2013

Premio_Merito_S_Victor

No passado sábado, dia 21 de Setembro, pelas 21h30, procedeu-se, no Grande Auditório do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian, à entrega dos Prémios “Mérito da Freguesia de São Victor”, distinguindo-se o Jovem EMANUEL SILVA, na categoria “Estímulo”, e o “Sénior” Dr. FRANCISCO ALVIM, na categoria “Consagração”. Um momento de grande exaltação dos VALORES da nossa TERRA e um dia histórico para os “homenageados”, como fizeram questão de referir. Esta distinção, atribuída uma vez em cada mandato, distinguiu em 2009, na JUVENTUDE, INÊS VINAGRE, na área da Literatura, e LUIS COSTA, uma figura ímpar de São VICTOR e da cidade de BRAGA, num gesto que visa estimular e reconhecer o “Mérito” de nossos concidadãos colocados ao serviço da Comunidade em várias áreas de intervenção.

Premio_Merito_S_Victor_1Foram muitas as centenas de Amigos e familiares dos homenageados que fizeram questão de estar presentes, lotando o Auditório de grande alegria, numa cerimónia simples, distinta mas muito carregada de grande significado, como destacou o Presidente da J.F. de São Victor, Firmino Marques, conferindo pelos motivos que elencou uma justa homenagem a dois cidadãos, que, honrando a Freguesia que os acolhe, honram também o Concelho de Braga e PORTUGAL. A cerimónia apresentada de forma sentida pela Flávia Silva, que antecedeu a entrega dos “Prémios”, foi preparada cuidadosamente e recheada de enormíssima qualidade. A música e os TALENTOS Bracarenses emergiram numa cerimónia que juntou o Coro Infanto-Juvenil da ACIJE, Instituição que colabora assiduamente com a Autarquia de S. Victor, à Associação Musical SINFONIETA de BRAGA, que “nasceu” com as atividades da Junta de Freguesia de São Victor, numa homenagem inesquecível à música e à PORTUGALIDADE.

Premio_Merito_S_Victor_4
A Direção Artística do “ORGULHO S. VICTOR”, “obra-prima apresentada”, foi de outro talento de S. Victor, HUGO TORRES, que, com o apoio de uma banda de músicos de enorme qualidade, fundiu o “clássico e o moderno” num instrumental difícil de esquecer. Grande atuação da Orquestra da SINFONIETA liderada pelo Jovem PAULO MORAIS e da BANDA, em que o CORAL da ACIJE e os(as) solistas fizeram a síntese perfeita de “uma noite maravilhosa”, como fizeram questão de comentar todos aqueles que tiveram o privilégio de assistir a esta homenagem. EMANUEL SILVA, impossibilitado de estar presente, fez-se representar pela sua mãe e filha, tendo a sua progenitora agradecido de forma emocionada o que considerou “um momento único” da vida do seu filho e da sua família. Para todos os presentes, EMANUEL deixou registado em mensagem “áudio” o seu agradecimento e a honra desta homenagem que mais o estimula para o próximo futuro.
Premio_Merito_S_Victor_5
A Caixa Geral de Depósitos de Santa Tecla, S. Victor, irá proceder à abertura de uma Conta Poupança de 150,00€, incentivo incluído na atribuição do Prémio “Mérito na categoria Estímulo”. FRANCISCO ALVIM, homenageado, agradeceu de forma emotiva e contagiante a distinção que lhe foi conferida, numa alocução muito carregada do HUMANISMO que o distingue.
A cereja em cima do bolo foi colocada no final da cerimónia, com a apresentação pública do “Hino de S. Victor”, com letra de José Machado (Professor da EB 2/3 Dr. Francisco Sanches) e arranjo musical de Hugo Torres.
Repetido a pedido do público, relevamos o refrão do hino apresentado:
– “…S. Vítor, somos nós que te fazemos:
Na escola, no trabalho, no lazer!
E quantos desafios mais tivermos,
Unidos os havemos de vencer.
A Autarquia de São Victor AGRADECE a “gente nossa, gente simples, gente honrada”, que fazem de S. VICTOR e BRAGA uma referência de “GENTE VIVA”, ativa e dinâmica, na defesa dos nossos valores e da nossa identidade.
Premio_Merito_S_Victor_2

Cabido dos Cardeais da Universidade do Minho

Habemmus PAPA  Mito - cabido Cardeais da U Minho
Tomou posse recentemente, o CABIDO dos Cardeais, estrutura responsável na Academia Minhota (UM) pelo cumprimento respeitoso 3 escrupuloso do Regulamento das Praxes Académicas, recentemente aprovado pelas Academias do País.
A MISSÃO principal desta estrutura da Academia Minhota tem como principais objectivos: a melhor recepção e integração dos novos Alunos, conhecidos no meio académico como “caloiros”. É a entidade responsável que fiscaliza a aplicação de “boas regras na aplicação das praxes académicas”. A Autarquia de São Victor mantem estreitas relações com as instituições representativas da Academia Bracarense e por isso esteve presente na cerimónia que deu posse a esta estrutura, realizada na Universidade do Minho. O Presidente da Autarquia Firmino Marques usou da palavra na abertura da cerimónia, saudando de forma particular os “Cardeais” ali empossados e todos os presentes entre os quais se encontrava o Presidente da AAUM Carlos Alberto Videira. A novidade surgiu para este ano com novo “Papa”, agora no feminino, assumindo a responsabilidade a Estudante Minhota Mitó, amiga conhecida da Junta de Freguesia de S. Victor. Deixou o desejo a todos os “Cardeais” de que o futuro próximo os faça “cessar funções” rapidamente, sinal que os referidos deram por terminados os seus estudos, num desejo que tornou extensivo à nova “Papa”. Recordou o histórico das relações entre a Autarquia a que preside e o “CABIDO dos CARDEAIS”, saudando o carácter solidário de muitas iniciativas que integram as “praxes”, nomeadamente a exemplar actividade do último ano lectivo, que recolheu centenas de quilos de produtos alimentares para reforço do stock de muitas Instituições de Solidariedade Social e de Famílias de S. Victor e de Braga, num total de mais de 1.000 Kg de alimentos. Lembrou ainda, aproveitando a presença do Presidente da Associação Académica da Universidade do Minho, para recordar a parceria que UNE a Junta de Freguesia de São Victor e a AAUM para a área Social.
No final da cerimónia e para a posteridade, cumprindo a “praxe”, a “Papa” Mitó, o Presidente da JF de S. Victor, Firmino Marques e o Professor Domingos Abreu, Secretário da nossa Autarquia, deixaram-se fotografar pelos presentes.

Dia Internacional do Idoso – 2013

dia_internacional_idoso
No passado fim-de-semana a Autarquia da Freguesia de São Victor homenageou os seus Idosos, juntando cerca de três centenas de “Jovens Seniores”, nas instalações da Colónia Balnear da Segurança Social em Apúlia – Esposende.

dia_internacional_idoso_1Com uma manha a prometer e um “calor de Verão tardio”, bem cedo as Ruas do Centro histórico de São Victor, Largo da Senhora-a-Branca e Rua da Restauração ganharam um inusitado e colorido movimento, polvilhado de alegria, pois significou mais um reencontro da “Comunidade Sénior de São Victor” para aquele que apelidam de “Fim-de-semana de SONHO”. Cinco foram os “autocarros” que transportaram a comitiva mais alegre e bem disposta de sempre. O primeiro, da Escola de Condução MINHOTA, que como habitualmente se associou a este evento, de seguida e vindo da “Associação Juvenil a Bogalha”, entidade que se associou também a este dia chega a comitiva com o motorista Francisco e a Monitora Fatinha com Utentes desta Instituição Amiga, depois chega o Autocarro da TRANSDEV conduzido com a habitual simpatia do seu motorista, comungando o espírito desta iniciativa.

dia_internacional_idoso_2Segue-se a chegada muito aplaudida dos sempre presentes e nossos amigos da Associação Portuguesa de Deficientes, que ao volante trazem o impagável Amigo Professor Alberto Alves. A viatura da Junta de Freguesia fecha a comitiva, conduzida pela simpática Enfermeira Márcia Palha. Respondendo todos à chamada e feita a colocação pelos meios de transporte disponíveis, solicitam os presentes o “retrato de família”, ali mesmo no Adro da Igreja de Nossa Senhora-a-Branca, protegido pela presença Amiga, dos Agentes de proximidade da P.S.P. que desde bem cedo ajudaram na logística e fluidez do trânsito.
O evento que envolveu um riquíssimo programa cultural constou logo nessa manhã por uma visita efetuada à Basílica ou Templo do Sagrado Coração de Jesus, mais conhecido por Templo de Santa Luzia que se situa no alto do monte deste nome, na bonita cidade de Viana do Castelo, donde se observa uma vista ímpar da região, juntando em “momentos inesquecíveis, o mar, o rio Lima com o seu vale, e todo o complexo montanhoso, num panorama considerado dos melhores do mundo segundo a National Geographic. Este foi pois, um bom condimento…para o almoço bem preparado e que se aproximava em Apúlia, Esposende, nas instalações da Segurança Social.

dia_internacional_idoso_3O Sarau Cultural, reservado para a parte noturna recordou canções dos “bons velhos tempos”, tendo sido emocionante a entrada em “tempo de jantar” da Associação Festiva “Os Sinos da Sé”, que envolveu num momento único e em uníssono no tema “Ai os sinos da Sé de Braga” todos os presentes numa sádia expressão de amor à nossa terra. Depois do jantar, no Sarau, o “folclore minhoto” foi Rei, juntando os “Jovens Idosos” aos elementos do “Rancho” em danças bem conhecidas como o “vira ou o malhão”. A “Marchinha de S. Victor”, juntou “os Sinos da Sé” e o CORAL DE GUADALUPE de Braga e recolheu o aplauso geral. Antes porém, o “Jovem Coro”, historiou “um conto popular” do tempo dos nossos avós que foi muito aplaudido.
Ficou a promessa de novo Encontro para 2014, para mais um Encontro de Sonho” como definiram todos os participantes este evento.
Na organização deste evento da responsabilidade da JF de S. Victor colaboraram: o CCDTSSS deBraga, a APD, o I.P.D.J. que apoiou este programa com Monitores-Jovens Voluntários na sua maioria Universitários, a Associação Juvenil “A Bogalha” e Escola Condução A MINHOTA, que colaboraram no transporte de parte da Delegação e na animação musical a “Associação Festiva os Sinos da Sé” e o Coral de Guadalupe.
dia_internacional_idoso_7