Junta de Freguesia de São Victor Junta de Freguesia de São Victor

Avisos e Editais

Edital


10-02-2024

Reunião de delegados Para Designação dos Membros das Mesas eleitorais


Edital


07-12-2023

Edital - 10.ª Sessão Ordinária da Assembleia de Freguesia - 18/12/2023 - 21h30


Últimas Notícias

Procissão da Burrinha Cancelada

Procissão da Burrinha Cancelada


27-MAR-2024

A Comissão Organizadora da Procissão da Burrinha, perante a instabilidade das condições meteorológicas, tomou a difícil decisão de cancelar o Cortejo Bíblico “Vós Sereis o Meu Povo”. Este Cortejo Bíblico é composto por 24 quadros e por cerca de 800 figurantes, grupos corais e bandas de música. Com as atuais condições climáticas, caracterizadas pelos elevados índices de humidade e pelas temperaturas baixas, a Comissão Organizadora, apesar do muito trabalho empreendido ao longo do ano, entende que, em primeiro lugar, tem de proteger e salvaguardar a integridade das pessoas que dão brilho à Procissão da Burrinha. Além disso, com as atuais condições meteorológicas, não nos é possível trazer para a rua alguns dos elementos cénicos e decorativos que compõem a Procissão, sob pena de se deteriorarem, afetando, também, a logística dos grupos corais que animam a Procissão.Acompanhando as previsões meteorológicas, estimamos que à hora da saída da Procissão da Burrinha até possa não chover, contudo, face ao anteriormente exposto, a Comissão Organizadora entende que, apesar de ser uma decisão difícil e que não é tomada de ânimo leve, não estão reunidas as condições para que a Procissão saia à rua no seu máximo esplendor. A Procissão não se cinge à hora da saída, mas também a estes momentos de preparação, que estão muito comprometidos. O nosso desejo é regressar em 2025 com mais ânimo e com muitas pessoas na rua para assistir a esta emblemática Procissão. Apelamos à compreensão da população desejando a todos votos de uma Páscoa Feliz.

Concerto da Burrinha

Concerto da Burrinha


16-MAR-2024

A Associação Cultural e Festiva “Os Sinos da Sé” realiza, este sábado, dia 16 de março, às 21h, na Igreja de S. Victor, o tradicional “Concerto da Burrinha”. Como habitual, este concerto visa promover o Cortejo Bíblico “Vós Sereis o Meu Povo” e, este ano, todo o repertório musical será dedicado à popular Procissão da 4.ª-feira da Semana Santa.  A associação “Os Sinos da Sé”, grupo que tem presença na animação da Procissão da Burrinha, tem vindo, ao longo dos anos a elaborar e a constituir letras e músicas que versam a temática da Procissão, fruto da criação artística do Prof. José Machado. Todas as músicas e canções que têm sido elaboradas, constituem um acervo musical riquíssimo, que também já faz parte do espólio patrimonial da própria Procissão. Parte deste repertório já deu origem a um CD, mas, neste concerto, serão apresentadas novas músicas versando a “Senhora da Burrinha”. Este concerto é promovido pela Comissão Organizadora da Procissão da Burrinha, no âmbito da programação cultural das Solenidades da Quaresma e da Semana Santa e ocorre por altura do aniversário da consagração da Igreja de S. Victor, que tem, por segundo padroeiro S. José.  O concerto decorre na Igreja Paroquial de S. Victor e é de entrada livre.

Inauguração Exposição Universo – a Última Fronteira

Inauguração Exposição Universo – a Última Fronteira


02-MAR-2024

O Espaço Galeria da Junta de Freguesia de S. Victor inaugura, sábado, dia 02 de Março, a Exposição “Universo – a Última Fronteira”, integrada na iniciativa da 48ª sessão do projeto “Face-to-Face, Book to Book”.Esta mostra artística é da autoria de José de Faria e é composta por mais de duas dezenas de obras do autor, cujo início da atividade artística aconteceu em 1980. Entre várias distinções, José de Faria é membro da Sociedade de Belas Artes, Lisboa, Portugal e membro da Académie Arts-Sciences-Lettres, em França. O artista convidado, para além da pintura a óleo, dedica-se à cerâmica e ao vitral, tendo várias das suas obras a integrar estruturas museológicas.Em várias telas, o autor revisita a época dos descobrimentos, conferindo-lhe uma aura mítica, capaz de devolver à nação a consciência da sua identidade coletiva. Sob o ponto de vista formal, os quadros de José de Faria caracterizam-se pela tensão gerada entre a afirmação do conjunto sobre o pormenor e vice-versa. Este conflito resulta do desejo de preencher todo o espaço vazio, com elementos figurativos ou abstratos. Na verdade, o artista integra o grupo de criadores que tem “horror ao vazio”. Privilegia as relações de sobreposição e continuidade, sobretudo entre formas geométricas e orgânicas e linhas curvas e retas. A variedade destes diálogos impede qualquer monotonia na leitura da obra. Por outro lado, a fragmentação do campo visual, imprime um forte dinamismo às imagens.A exposição “Universo – a Última Fronteira”, integra as tertúlias culturais do projeto “Face-to-Face, Book-to-Book”, que iniciaram há mais de nove anos por Paulo Santos (ou Paulo Esse, sobretudo como declamador e pianista amador). A constituição do grupo, os temas, os espaços e as datas estão sempre em metamorfose e adaptação criativa, recaindo, nesta 48ª sessão, sobre o Espaço Galeria da Junta de Freguesia de S. Victor.Para Ricardo Silva, presidente da Junta de Freguesia, acolher esta exposição é prova de que o Espaço Galeria da autarquia está aberto a todas as formas de sensibilidade artística, seja para artista emergentes, que nos dão a honra de receber as suas primeiras exposições, como também acolhe mostras artísticas de pintores e autores renomeados como José de Faria. A inauguração da exposição decorre às 17h e a entrada é livre ao público. 

AVISO

AVISO


28-AGO-2023

Por motivos de obras de melhoria no espaço de atendimento ao público, os Serviços Administrativos estarão encerrados na 4ª feira, dia 30 de Agosto, das 14h às 17h.Para qualquer questão, sugerimos que nos contactem através do telefone 253 274 815 ou pelo endereço eletrónico geral@juntasvictor.pt .Agradecemos a sua compreensão, certos de que estamos a trabalhar para melhorar a forma de acolher os cidadãos bem como os nossos serviços.

Comunicado Informação Rua Luís Soares Barbosa

Comunicado Informação Rua Luís Soares Barbosa


13-AGO-2023

No âmbito da publicação efetuada na página institucional de Ricardo Rio, Presidente da Câmara Municipal de Braga, relativa ao Complexo Desportivo a construir pelo Grupo Supera,  e porque tendo sido visado a atuação e a conduta do seu Presidente, a Junta de Freguesia de São Victor vê-se na obrigação de esclarecer o seguinte:1 - O Presidente da Junta de Freguesia de São Victor esteve presente na iniciativa "Florestar Braga", promovida pelo Vereador Altino Bessa, em novembro de 2015, na plantação de 46 tílias, naquele que seria um novo Pulmão Verde na zona de Braga com mais população a viver por km2. Esta foi uma ação meritosa para qualificar o espaço que se queria de tampão urbanístico e de descompressão social.2 – Ao contrário do que é anunciado na página do Presidente da Câmara Municipal de Braga, a Junta de Freguesia de S. Victor não esteve envolvida desde a primeira hora, tendo em conta que quando o Presidente da Junta de Freguesia de São Victor foi chamado a participar numa reunião com a Vereadora Sameiro Araújo, no dia 9 de novembro de 2018, o Município tinha já, em sua posse, umas imagens 3d com o aspeto do “futuro complexo” e no local apontado.Nada move a Junta de Freguesia de S. Victor contra o progresso, pelo que solicitámos 3 esclarecimentos:Que tivéssemos acesso ao estudo hidrogeológico do local, para perceber se afetava a ribeira do Pinheiro ou de S. Victor, afluente do Rio Este;Que se pudesse perceber o impacto do trânsito automóvel naquele local já pressionado e onde o estacionamento é reduzido, investindo na requalificação da Rua Luís Soares Barbosa;Perceber se haveria alguma forma de estabelecer uma espécie de acordo parassocial com a entidade promotora, para que os cidadãos residentes na Freguesia de S. Victor, pudessem ter algum benefício direto com aquele empreendimento;Apesar da publicação da página do Presidente da Câmara Municipal de Braga afirmar que a Junta de Freguesia de S. Victor teve participação na elaboração do caderno de encargos, não podemos concordar, nem deixar passar esta ideia, tendo em conta que nunca foi facultada à Junta de Freguesia de S. Victor qualquer versão do caderno de encargos (nem prévia, nem final). Avançámos com aqueles três pedidos de esclarecimento, sendo que, diretamente, só a questão do acordo parassocial teve resposta, tendo em conta que estava previsto possibilitar o acesso das crianças dos Jardins de Infância da Freguesia de S. Victor às piscinas do Complexo.A questão da requalificação da Rua Luís Soares Barbosa ficou todos estes 5 anos a aguardar, até que, somente, no passado dia 05 de Julho de 2023, a Junta de Freguesia de S. Victor foi convocada para uma reunião no Gabinete da Vereadora Olga Pereira, para informar da empreitada de obra que irá ser realizada no quarteirão compreendido entre a Rua Fernando Oliveira Guimarães, Avenida Antero de Quental (parte norte) e a Rua Luís Soares Barbosa. Ainda que nos tenham afirmado que esta empreitada de requalificação da Rua Luís Soares Barbosa nada tenha a ver com a construção do Complexo Desportivo, não deixa de ser curioso que esta obra decorra justamente nesta altura.O levantamento hidrogeológico nunca, em momento algum, nos foi facultado, pelo que nunca foi possível a Junta de S. Victor perceber se havia afetação ou não dos lençóis de água. 3 – Ao longo destes 5 anos, a Junta de Freguesia de São Victor não recebeu qualquer peça procedimental, não acedeu ao caderno de encargos e não acedeu a qualquer projeto de especialidades para a construção deste empreendimento. Foi uma elevada surpresa ler o comunicado o Sr. Presidente da Câmara Municipal de Braga, pois esta Junta de Freguesia ficou a saber mais pelo comunicado escrito do que por qualquer comunicação oficial entre a Câmara Municipal de Braga e a Junta de Freguesia de S. Victor. Pelo comunicado ficamos a conhecer os pareceres da APA e das Infraestruturas de Portugal.4 – Quando o Presidente da Câmara de Braga escreve “aspiração abstrata de existência de mais espaços verdes” e que “este espaço pouco aproveitava para a fruição da população residente” esquecerá, com certeza, que não só desautorizou uma linha de conduta do Vereador do Ambiente, como nunca o Presidente da CMB quis investir na qualificação do espaço, ordenando-o e consubstanciando-o com mobiliário urbano como o espaço e os cidadãos mereciam.5 - Observa-se um claro atropelo ao trabalho do Vereador do Ambiente, trabalho esse sim apoiado, desde a primeira hora, pelo Presidente da Junta de Freguesia de São Victor. Com esta sobreposição de ações e com a desautorização do trabalho do Vereador Altino Bessa, fica provado que o Executivo Municipal não tem uma estratégia para a cidade, nem sabe comunicar entre si as várias ações dos vários pelouros.6 – Com esta publicação percebemos, ainda, que na lógica do Presidente da Câmara Municipal, os cidadãos terão direito a dois espaços verdes (Sete Fontes e Rodovia), sobrecarregando estes, uma vez que já aquando da ampliação de outra estrutura desportiva, que arrasa parte do espaço verde da Goladas, o Sr. Presidente sugeriu aos cidadãos atravessarem a rua e irem até ao Parque da Rodovia.7 – A título de curiosidade, quando o Presidente da CMB afirma que não houve oposição do autarca da Freguesia, mormente aquando da desafetação do terreno para viabilizar a respetiva concessão, importa ter presente que nessa reunião da Assembleia Municipal de Braga, ocorrida a 14 de dezembro de 2018, quem representou a Junta de Freguesia de S. Victor não foi o Presidente da Junta, mas sim um elemento do Executivo, militante do mesmo partido do Presidente da Câmara.8 – Registamos que o Presidente da Câmara Municipal de Braga não tenha a sensatez e a coragem de se deslocar à Rua Luís Soares Barbosa e reunir com os moradores, refugiando-se em comunicados.9 – No dia 11 de maio de 2021, na sequência das conversações realizadas entre elementos do PSD e Ricardo Silva para revalidar a candidatura deste último na Coligação Juntos por Braga na Freguesia de S. Victor, Ricardo Silva enviou um documento, por e-mail, com vários pontos de compromisso entre as partes. No ponto “Urbanismo” pode ler-se “deixar cair a ideia da edificação do Complexo Desportivo na Rua Luís Soares Barbosa, devido aos muitos constrangimentos de ordem urbanística ali existente, sobretudo no que toca a trânsito, acessos viários, estacionamento e qualidade de vida”. Os elementos do PSD não quiseram subscrever este acordo de entendimento e o desfecho da história é sobejamente conhecido.10 - A Junta de Freguesia de S. Victor continuará a defender os interesses da sua população, por forma a melhorar a sua qualidade de vida.

Novas Tabelas IRS a partir de 1 de julho de  2023

Novas Tabelas IRS a partir de 1 de julho de 2023


27-JUN-2023

A partir de 1 de julho de 2023, entrará em vigor um novo modelo de tabelas de retenção na fonte, seguindo uma lógica de taxa marginal, evitando assim situações de regressividade, em que a aumentos da remuneração mensal bruta correspondam diminuições da remuneração mensal líquida.Consulte as tabelas aqui.Estas tabelas mantêm a atualização do limite de isenção de retenção na fonte para 762 euros mensais, por via da aplicação do mínimo de existência, bem como as demais atualizações nos limites e taxas de retenção.Fonte: Diário da República - Despacho n.º 1296-B/2023, disponível em: https://files.dre.pt/2s/2023/01/018000002/0000200009.pdf

Agenda de Eventos

Mensagem do Presidente

© 2024 Junta de Freguesia de São Victor. Todos os direitos reservados | Termos e Condições

  • Desenvolvido por:
  • GESAutarquia