Cantar as Janeiras

Diz o ditado popular que as janeiras cantam-se até ao final do mês de Janeiro.

No próximo domingo, dia 22 de Janeiro, às 16h no auditório da Escola Dr. Francisco Sanches (entrada pela Rua do Taxa), a Junta de Freguesia de S. Victor e a Associação Cultural e Festiva “Os Sinos da Sé” realizam o “Cantar as Janeiras”, conferindo, a esta sétima edição, o perpetuar as tradições de desejar Bom Ano e destacar o trabalho dos grupos que se dedicam a esta prática.

Além disso, esta edição do “Cantar as Janeiras” é uma das expressões visíveis da relação entre a  Associação Cultural e Festiva “Os Sinos da Sé”, instituição que surgiu no ano letivo 1978/1979 como Grupo Folclórico dos Professores de Braga, com a finalidade de desenvolver unidades de estudo e recreio no âmbito das manifestações musicais e coreográficas que configuram aspetos da cultura popular do Minho. Entretanto, o grupo evoluiu e desenvolveu-se com nova designação, abrindo-se à cidade e à comunidade, passando a acolher todas as pessoas que partilhassem da paixão pela dança popular.

Esta ação que visa desejar bom ano à comunidade, contará com a participação de grupos amigos de “Os Sinos da Sé”, marcando presença o Grupo Folclórico de Santa Maria da Aveleda, o Grupo Coral de Guadalupe e o próprio Grupo “Os Sinos da Sé”.

Com esta iniciativa pretende-se enlevar as tradições, dando apoio aos grupos para que continuem este trabalho em defesa da cultura popular. Por outro lado, uma vez que a freguesia de S. Victor é tão grande e pode ser difícil aos grupos percorrer todas as ruas para cantar as janeiras de porta-em-porta, é intenção da Junta de Freguesia proporcionar um evento que funciona como ponto de encontro para que, em simultâneo, se possa desejar bom ano a toda a comunidade.

O evento decorre dia 22 de Janeiro, às 16h no auditório da Escola Dr. Francisco Sanches (entrada pela Rua do Taxa) e a entrada é livre.

Exposição “O Poder de Parar o Tempo”

A Junta de Freguesia de S. Victor acolhe, a partir do próximo sábado, dia 21 de Janeiro, a exposição “O Poder de Parar o Tempo”, da autoria do fotógrafo Flávio Freitas.

Esta exposição é alusiva aos 50 anos de vida profissional de Flávio Freitas e é constituída por trinta imagens captadas em serviço e que fizeram notícia na comunicação social.

Enquanto fotógrafo vivenciou vários momentos, desde verdadeiros cenários de tragédia, até episódios mais caricatos. Foi com sentimento de partilha que se dedicou às exposições fotográficas, assumindo um lado pedagógico e de sensibilização do público.

Das dezenas de milhar de imagens obtidas ao longo da sua vida, o fotógrafo escolheu as que melhor contam uma história. Essas imagens são de pessoas (muitas delas que já não se encontram entre nós), outras de catástrofes que aconteceram na nossa região e outras ainda que foram notícia pela negativa, mas que o autor entendeu que deviam figurar nesta exposição.

Segundo Flávio Freitas, “Nós, fotógrafos, dependemos da fotografia para contar o mundo às pessoas. A fotografia deve falar, por isso, escolhi aquelas imagens que, penso eu, induziram o público a ler a notícia. A época em que vivemos é esmagadoramente visual. Hoje, nos media, as imagens são de grande impacto e os textos são monótonas manchas a cinzento e para prender a atenção dos leitores, a fotografia torna-se ainda mais importante. A maior parte das pessoas que compra o jornal começa precisamente por ler as páginas a partir da fotografia.”

Esta exposição é, então, um marco celebrativo de 50 anos ao serviço da fotografia, da notícia e da informação gráfica.

Fotógrafo de profissão, Flávio Freitas nasceu em 1946, tendo iniciado a sua atividade profissional aos 14 anos de idade. Fez o que mais gostou e como gostou, estando de alma e coração ligado às máquinas fotográficas, amor que partilha juntamente com o gosto pelos automóveis. É detentor de um vasto espólio fotográfico, possuindo, em casa, todas as máquinas fotográficas com que já trabalhou. A fotografia marcou de tal forma a vida familiar que quase todos os seus filhos estão ligados, direta ou indiretamente, ao mundo da fotografia.

Flávio Freitas foi colaborador do jornal Correio do Minho onde desempenhou, desde 1990, a função de repórter fotográfico.

A exposição “O Poder de Parar o Tempo” inaugura dia 21 de Janeiro, às 16h00, numa cerimónia aberta ao público e fica patente no Espaço Galeria da Junta de S. Victor.

Unir Gerações

A Junta de Freguesia de S. Victor promove, domingo, dia 03 de Julho, a XV edição da atividade “Unir Gerações”, mítico passeio de avós e netos, em clássicos automóveis como os Citröen 2Cv e Renault 4L, numa parceria com a Bicavalaria do Minho e o Clube 4L (núcleo norte).

A Autarquia de S. Victor tem privilegiado ações de estímulo e reforço do conceito FAMÍLIA e, por isso, nada melhor que juntar, no mesmo encontro, Avós com Netos em S. Victor.

Mantendo a tradição, o encontro entre avós e netos inicia-se na Junta de Freguesia de S. Victor, seguindo viagem para o Concelho de Esposende.

A Junta de Freguesia de S. Victor disponibiliza as últimas vagas para que desejar participar neste encontro, aceitando inscrições até às 17h00 desta 6ª feira, dia 01 de Julho.

Neste passeio têm prioridade as pessoas adultas que sejam avós e que se façam acompanhar pelos netos; contudo, na impossibilidade de se fazerem acompanhar pelos netos, os serviços administrativos da Junta receberão, de igual forma, as inscrições, não impedindo ninguém de viver este momento marcante no calendário das atividades da Junta de Freguesia de S. Victor.

Esta é uma atividade da Junta de Freguesia de S. Victor em parceria com a Bicavalaria do Minho e o Clube 4L do Norte.

Para mais informações, solicita-se o contacto para a Junta de Freguesia de S. Victor através do e-telefone 253 274 815 ou por e-mail geral@juntasvictor.pt .

O Nosso Património – Inscrições Participantes

Estão em curso as inscrição para a  XVIII Edição de “O Nosso Património”, que irá decorrer entre 4 e 15 de Julho, no Parque de Guadalupe.

“O Nosso Património”, é uma atividade direcionada para jovens com idades compreendidas entre os 12 e os 17, que tem como objetivo dar a conhecer, de um modo divertido e informal, um pouco da história da cidade em geral e da freguesia de S. Victor em particular.

Com esta atividade pretendemos, também, ajudar a criar consciências e a promover uma sensibilização ativa na proteção das nossas heranças culturais.

Durante 2 semanas, os participantes percorrerão as ruas em busca de monumentos, sítios de interesse e pessoas com relatos orais que interessem ser registados.

As inscrições poderão ser feitas na Junta de Freguesia de São Victor, ou através do email info@jovemcoop.com.

FAZ AQUI DOWNLOAD DA FICHA DE INSCRIÇÃO

OU

PREENCHE ON-LINE A FICHA DE INSCRIÇÃO

INSCRIÇÕES PARTICIPANTES – Colónia

Numa parceria com o CCD Braga, a Junta de Freguesia de S. Victor volta a proporcionar a possibilidade de cerca de 160 crianças e jovens poderem usufruir de 5 dias de férias, à beira mar, num espírito de salutar convívio e aprendizagem.

A Colónia“Férias na Areia…em segurança contra a Covid-19″ apresenta, como objetivo, proporcionar às crianças  da Freguesia de S. Victor, com idades compreendidas entre os 10 e os 15 anos (feitos no ano corrente), a ida a um espaço onde lhes é permitido exprimir a sua diversidade e individualidade, contribuindo assim numa perspectiva cultural/educacional.

A atividade será realizada no Edifício da Colónia de Férias da Segurança Social, situado da Vila da Apúlia (Esposende) e consistirá em 5 dias de férias à beira mar, para usufruir do ambiente da praia da Apúlia.

A atividade “Férias na Areia” decorre, este ano, adaptada às normas emanadas pela DGS relativas à Covid-19, promovendo as iniciativas ao ar-livre e à beira-mar.

Estas Colónias de Férias serão realizadas em dois turnos, sendo que o primeiro inicia dia 25 e termina a 29 de Julho e o segundo arranca a 01 e termina a 05 de Agosto.

As inscrições são gratuitas e devem ser enviadas por email para a Junta de Freguesia de S. Victor até dia 17 de Julho (para os dois turnos).

Mantendo o procedimento habitual, a reunião com pais, monitores e executivo da Freguesia, acontecerá no dia 22 de Julho, às 21h30, na EB2/3 Dr. Francisco Sanches. Os inscritos receberão uma chamada telefónica para confirmar a participação.

Os participantes do 1.º turno devem comparecer no Largo da Senhora-a-Branca no dia 25 de Julho, às 09h, enquanto que os participantes do 2.º turno devem comparecer no mesmo local e à mesma hora, mas no dia 01 de Agosto.

FAZ DOWNLOAD DA FICHA DE INSCRIÇÃO  e envia-a para geral@juntasvictor.pt, juntamente com  cópia do Boletim de Vacinas, do Cartão de Utente do Serviço Nacional de Saúde, Cartão de Cidadão da Criança;

Férias de Verão – INSCRIÇÕES PARTICIPANTES

O projeto “Férias de Verão 2022 – Manhãs na Piscina” apresenta como objetivo proporcionar às crianças e jovens do Concelho, com idades compreendidas entre os 6 e os 14 anos, a ida a um espaço onde lhes é permitido exprimir a sua diversidade e individualidade, contribuindo assim numa perspetiva cultural/educacional. A atividade decorrerá de 18 a 29 de Julho, das 09H30 às 12H30.

  • Desenvolver atividades lúdicas, recreativas, desportivas e culturais, como forma de sociabilização com os seus pares num ambiente saudável e ao ar livre.
  • Promover a autoestima e o autoconceito, dirigido a uma valorização pessoal.
  • Fomentar nas crianças a aquisição de comportamentos saudáveis.
  • Envolver as crianças em experiências que promovam o desenvolvimento psico-motor favorável às suas necessidades.
  • Promover a igualdade de oportunidades no usufruto de uma Piscina Municipal.
  • Promover a irradicação do “não saber nadar”.

As inscrições podem ser feitas a partir do download da Ficha de Inscrição 2022 tendo a inscrição de ser entregue nos Serviços Administrativos da Junta de Freguesia de S. Victor, até dia 29 de Junho, em horário de expediente.

Colónia de Férias – Praia de Sonho

 

Numa parceria com o CCD Braga, a Junta de Freguesia de S. Victor volta a proporcionar a possibilidade de cerca de 40 crianças e jovens poderem usufruir de 5 dias de férias, à beira mar, num espírito de salutar convívio e aprendizagem.

A Colónia“Férias na Areia…em segurança contra a Covid-19″ apresenta, como objetivo, proporcionar às crianças  da Freguesia de S. Victor, com idades compreendidas entre os 10 e os 12 anos (feitos no ano corrente), a ida a um espaço onde lhes é permitido exprimir a sua diversidade e individualidade, contribuindo assim numa perspectiva cultural/educacional.

A atividade será realizada no Edifício da Colónia de Férias da Segurança Social, situado da Vila da Apúlia (Esposende) e consistirá em 5 dias de férias à beira mar, para usufruir do ambiente da praia da Apúlia.

A atividade “Férias na Areia” decorre, este ano, adaptada às normas emanadas pela DGS relativas à Covid-19, promovendo as iniciativas ao ar-livre e à beira-mar. O número de participantes e as iniciativas também estão reduzidos e a Junta de Freguesia de S. Victor entregará a cada participante um KIT com Saco/Mochila, Cantil de Água Individual, Gel Álcool, Máscaras e protetor solar, incentivando a um Período de Férias seguro.

Estas Colónias de Férias serão realizadas em dois turnos, sendo que o primeiro inicia dia 26 e termina a 30 de Julho e o segundo arranca a 02 e termina a 06 de Agosto.

As inscrições são gratuitas e devem ser enviadas por email para a Junta de Freguesia de S. Victor até dia 23 de Julho (1º turno) e até dia 30 de Julho (para o segundo turno).

Ao contrário do que é habitual, NÃO HAVERÁ uma reunião com pais, monitores e executivo da Freguesia, para evitar ajuntamentos. Os inscritos receberão uma chamada telefónica nos dias 23 de Julho ou 30 de Julho, para confirmar a participação. Os participantes do 1º turno devem comparecer no Largo da Senhora-a-Branca no dia 26 de Julho, às 09h, enquanto que os participantes do 2º turno devem comparecer no mesmo local e à mesma hora, mas no dia 02 de Agosto. Todos os participantes realizarão testes de despiste à covid-19.

FAZ DOWNLOAD DA FICHA DE INSCRIÇÃO  e envia-a para geral@juntasvictor.pt, juntamente com  cópia do Boletim de Vacinas, do Cartão de Utente do Serviço Nacional de Saúde, Cartão de Cidadão da Criança ;

Casa de Gatos S. Victor

A Junta de Freguesia de S. Victor acolhe, desde 25 de Março de 2019, aquela que foi a primeira casa de gatos do concelho de Braga, que está instalada no quintal da sede da Junta, onde existe uma colónia de gatos. A iniciativa surge da parceria entre a Junta de Freguesia de S. Victor, a Associação Abandoned Pets e a Associação Movido a 4 Patas.

Este projeto visa controlar a colónia de gatos que existe nas traseiras do edifício da Junta, que é uma zona onde existem muitos quintais e onde proliferam gatos errantes.

Quer-se, com esta iniciativa, estimular e promover as políticas de defesa animal, controlando as colónias errantes e estimulando a esterilização dos elementos das mesmas.

Todos os gatos e gatas que aqui residem são tratados com muito carinho e muita dignidade, havendo gatos que nasceram já nesta Casa.

Se quiser visitar a Casa, pode contactar a Junta de Freguesia de S. Victor através do número telefone 253 274 815 ou por e-mail “geral@juntasvictor.pt” .

CABAZ DE NATAL 2020

De 16 de Novembro a 04 de Dezembro decorrem as inscrições para a edição deste ano do Cabaz de Natal!

Esta é uma iniciativa da Junta de Freguesia de S. Victor, cujo objetivo é ajudar os fregueses mais desfavorecidos e/ou em situação de vulnerabilidade, nesta quadra natalícia que se aproxima.

As inscrições vão decorrer nos Serviços Administrativos da Junta de Freguesia de S. Victor, todos os dias úteis, das 9h às 13h e das 14h às 17h.
Este ano deve:
1 – Levantar a Ficha de Inscrição, na Junta de Freguesia (basta tocar à campainha);
2 – Preencher em casa e reunir toda a documentação.
       2.1. – Documento identificação de todos os elementos do agregado familiar;
       2.2. – IRS 2019;
       2.3. – Comprovativo de Rendimentos [Recibo de vencimento, ou Postal de Reforma do ano 2019 (recebido em 2020), ou Extrato de Remunerações/Declaração de Subsídio Social da Segurança         Social (de todos os elementos do agregado familiar] 
3 – Posteriormente, marcar atendimento nos Serviços Administrativos;
4 – Deslocar-se à Junta de Freguesia para entrega da documentação;
As inscrições só serão validadas caso entregue a documentação solicitada, sendo esta posteriormente, alvo de análise por parte da equipa de Ação Social  da Junta de Freguesia.